album

Não é que eu vou fazer igual, eu vou fazer pior

O embrião desse disco nasceu na turnê MOVA-CE, em 2012, e a ideia ressurgiu em 2017, após um show comemorativo de 5 anos da turnê do Mova-CE. Escolhemos as bandas que mais nos influenciaram ao longo dos anos. E é também uma forma de resgatar as musicas das bandas que já não existem mais.

O disco foi gravado no VTM estudio nos meses de Outubro à Dezembro de 2018 e lançado em Maio de 2019 e conta com a participação de Vicente Ferreira na bateria. Não é um disco de covers, é um disco de versões de grandes bandas do underground nordestino. Não é pra fazer igual, é pra fazer pior!!

ESCONDERIJO BAR

Mai 25, 2022
Av. J. Pessoa, 4558 - R$ 15,00

FORCAOS 2021

Dez 04, 2021
Live - TJA

REVIVAL

Mar 14, 2020
Havana 1884

ESCONDERIJO BAR

Mai 25, 2022
Av. J Pessoa, 4558 - R$ 15,00

REVIVAL

Mar 14, 2020
Havana 1884

FORCAOS 2021

Dez 04, 2021
Live - Theatro J. de Alencar

Discos

Redes Socias

Nos sigam em nossas redes.

Release

Formada em Fortaleza no ano de 2000, o Thrunda toca um Punk HxCx safado e sem frescuras. Com 22 anos de historia, já conta com 4 discos e 2 Bootlegs lançados:

Punk Rock na Véia (2007)
As Aparências Enganam (2012)
15 anos em 23 minutos (2015)
Não é Que Eu Vou Fazer Igual, Eu Vou Fazer Pior (2019)

Atuante no underground nordestino, a banda conta com participações nos festivais mais importantes do estado do Ceará. Participou do projeto MOVA – CE em Janeiro de 2012, onde 6 bandas de rock do Ceará viajaram metade do país de ônibus se apresentado nos principais centros de Fortaleza até São Paulo.

Em 2016 acontece seu primeiro tour internacional, em Cabo Verde África, tocando nas edições do Grito do Rock Praia e da Atlantic Music Expo, que rendeu seu primeiro documentário “Thrunda – Tour Cabo Verde 2016″.

Em Janeiro de 2019 a banda efetiva um novo baterista, Dhouglas do Vale, e lança seu quarto disco “Não é que eu vou fazer igual, eu vou fazer pior” em homenagem ao Hermes Capone, que nos deixou em 2018.

Sua formação atual é:

Rodrigo Monte: Vocal e Baixo.
Otavio Medeiros: Guitarra.
Dhouglas do Vale: Bateria.

A Thrunda é energia e velocidade a flor da pele, com letras de protesto e situações cômicas do dia a dia. É punk rock !!

FORCAOS 2021

Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo

Formada em Fortaleza no ano de 2000, o Thrunda é energia e velocidade a flor da pele, com letras de protesto e situações cômicas do dia a dia. É punk rock !!

Formada em Fortaleza no ano de 2000, o Thrunda é energia e velocidade a flor da pele, com letras de protesto e situações cômicas do dia a dia. É punk rock !!